terça-feira, 18 de julho de 2017

GEOGRAFIA PRIVILEGIADA TORNA REGIÃO UMA OPÇÃO DE LAZER




O patrimônio natural é uma das maiores atrações do turismo brasileiro, certo? Em Tapera, quarto distrito de Trajano de Moraes (RJ), cidade que compõe a linha de municípios na Região Serrana do Rio, não é diferente. Há quem pense que o progresso e a preservação do local, andam em direção opostas. A atual gestão pública municipal tem trabalhado para alavancar o turismo ecológico e de negócios no local.
 
O distrito de Tapera, Vila da Grama, e Sodrelândia – por exemplo, é um dos destinos turísticos na região que mais se destacam devido aos cuidados, principalmente no que diz respeito à gestão do meio ambiente, de acordo com observação do prefeito Rodrigo Viana. A visitação a locais preservados, como as florestas, áreas de conservação, e a represa que compõe a bacia do Rio Macabu, cresce dia a dia no local.


 
A barragem de Tapera, mas conhecida também como barragem de Sodrelândia, muito usada para pratica esportiva como Jetsky é um dos pontos turísticos mais visitados na região. A geografia privilegiada destaca Tapera entre os roteiros turísticos de famílias, amigos e amantes do esporte radical.
 
“Nosso lugar é lindo. É um ponto de encontro e opção de lazer para a família e amigos nos finais de semana. É raro ver esses distritos vazios. Tapera tem um povo ordeiro e acolhedor. Temos um problema que é o acesso, mas estamos a apenas seis meses à frente da Prefeitura e estamos arrumando a casa ainda. Apesar da crise econômica que passa o Governo do Estado, não perdi a esperança de conseguir o asfalto para Tapera e Sodrelândia”, disse o prefeito Rodrigo Viana.



 
Mas se você pensa em botar à bagagem no carro, e pegar a estrada vale lembrar que o acesso  é de jurisdição do Governo do Estado. A dica então, para quem pretende sair do Rio de Janeiro, um dos jeitos mais simples de chegar a Tapera, é seguir pela Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), entrar na RJ-182 em Conceição de Macabu e continuar pela RJ-174, até o centro de Trajano de Morais. Outra opção é o motorista entrar no trevo de acesso aos distritos da Região Serrana de Macaé e, por fim, Tapera.
 
Ao chegar a Tapera, a paisagem que compõe as diversas montanhas do município de Trajano são propícias para esportes como Mountain Bike, Down Hill, voos de parapente e até paradinhas paras as fotos selfs. “Além disso, por ser uma cidade pequena e de interior, Trajano oferece prazerosas atividades do campo, como passeios a cavalo, caminhadas ecológicas, e tantas outras. Em Tapera é comum à prática de esportes aquáticos como pesca, nado e passeios na represa”, concluiu o prefeito.


 

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Pablo Milanés recebe hoje, na Espanha, prêmio La Mar de Músicas 2017



Fonte: http://prensa-latina.cu/index.php?o=rn&id=101662&SEO=cantautor-pablo-milanes-recibe-hoy-premio-la-mar-de-musicas-2017


HOJE: DEBATE - DIA INTERNACIONAL DA MULHER NEGRA, LATINO AMERICANA E CARIBENHA



domingo, 16 de julho de 2017

OS 35 ANOS SEM JOSÉ DE OLIVEIRA BORGES



                                                            Pedro Gonçalves Dutra



José de Oliveira Borges


                                               

Nota de O Norte Fluminense: Hoje, transcorreram 35 anos do falecimento de José de Oliveira Borges, conhecido como Zezé Borges, o 1º prefeito de Bom Jesus do Itabapoana após nossa 2ª emancipação. Publicamos, nesta edição, texto do saudoso professor Pedro Gonçalves Dutra, sob o título acima, publicado em livreto, em setembro de 1986. O texto fora escrito originalmente em 13 de novembro de 1975, por ocasião da inauguração do busto de José de Oliveira Borges, comerciário, construtor, comerciante - dos de maior expressão - no ramo madeireiro, de cereais e de café. Foi, entretanto, o traço marcante de sua trajetória terrena, a sua ininterrupta atuação política, onde encontrou campo propício para expandir a sua personalidade ímpar de administrador probo e de homem público voltado para os superiores interesses de sua terra e de sua gente. Segundo o autor, na apresentação do livreto, se fez presente o então senador Amaral Peixoto, que, como interventor no Estado, nomeou-o prefeito, cargo que assumiu no dia 1º. de janeiro de 1939, e que assim se referiu a respeito do homenageado: "Se Nova York possuía a Estátua da Liberdade, Bom Jesus possuía a Estátua da Lealdade".
                                                  
                       
DADOS BIOGRÁFICOS


          Nasceu JOSÉ DE OLIVEIRA BORGES a 13 de novembro de 1895, em Barra do Pirapetinga, 10º. distrito de Itaperuna, hoje 1º. distrito de Bom Jesus do Itabapoana, sendo o 4º. filho de Francisco Borges Sobrinho e Maria Severina Borges.

          Transferindo-se com seus pais para Arrozal de Santana, hoje Rosal, 3º. distrito de Bom Jesus do Itabapoana, ali fez seus estudos primários na escola da dona Consuelo Minucci.

          Em 1911, seus pai transferem-se para Bom Jesus, onde apenas ainda adolescente, seria eleitor 1º. Secretário do CENTRO OPERÁRIO, entidade fundada por Pedro Gonçalves da Silva (Cel. Pedroca), nos primeiros anos de nosso século.

          A 25 de janeiro de 1917, contraiu núpcias com a srta. Maria Moraes Ferreira, tendo comemorado 65 anos de união conjugal em janeiro de 1982, ano no qual viria a falecer a 16 de julho. Desta união nasceram os seguintes filhos: Adelaide e Geraldo (já falecidos); Maria Borges Pereira das neves, esposa do dr. Emanuel Pereira das Neves, ex-deputado estadual e advogado aposentado do Banco do Brasil; José Ferreira Borges, escrivão do Cartório do 1o. Ofício desta cidade; Antonio Ferreira Borges, fiscal de rendas aposentado do RJ; Terezinha Borges, funcionária aposentada da F.F.F.; Luiz Ferreira Borges, comerciante; João Baptista Ferreira Borges, comerciante; Francisco de Oliveira Borges, Comerciante e Paulo Ferreira Borges, medico em Brasília-DF. Possuía ainda 36 netos. 

VIDA PÚBLICA DE JOSÉ DE OLIVEIRA BORGES

1922 - Eleito Vereador e Vice-Presidente da Câmara Municipal de Itaperuna. Representou com brilhantismo o então 10º distrito, sabendo elevar o nome de Bom Jesus, ao ocupar tão elevado cargo.
           Embora continuando na militância política, a Revolução de 1930 veio encontrá-lo ao lado do governo deposto, tendo permanecido até 1939 sem exercer nenhum cargo público.

1939 - É empossado como primeiro Prefeito nomeado para o Município de Bom Jesus do Itabapoana, criado pelo Decreto nº 633 de 14 de dezembro de 1938, cargo no qual permaneceu até 1946.

1947 - Eleito Deputado Estadual pelo Partido Social Democrático, foi um dos Constituintes de 1947, tendo exercido também a Vice-Presidência da Assembleia Legislativa, por escolha de seus pares.

1951 - Ao concluir o mandato de Deputado Estadual, elege-se Vereador, liderando a Oposição ao Prefeito de então.

1955 - Eleito Prefeito em 1954, sempre pelo PSD, ao enfrentar poderosa coligação de partidos, assume o governo a 31 de janeiro de 1955, governando até 31 de janeiro de 1959.

1963 - Eleito Vereador, exerce na Legislatura 63-67 a Vice-Presidência da Câmara Municipal.

          Candidata-se a Prefeito em 1970 e a Vice-Prefeito em 1972, pela legenda do Movimento Democrático Brasileiro, agremiação na qual ingressou com a extinção do Partido Social Democrático pelo AI-2. Foi fundador e Presidente do Diretório Municipal do PMDB e do Partido Social Democrático.
          Fundador e Presidente do Ordem e Progresso F.C., do Rotary Club, do Centro Popular e do Aero Clube de Bom Jesus do Itabapoana.
          Foi delegado do Governo do Estado do Rio de Janeiro junto ao Instituto Brasileiro do Café, nomeado pelo Governador Amaral Peixoto.


REALIZAÇÕES

    Implantação da máquina administrativa municipal e sua organização. Abertura de estradas em todo o município. Início do calçamento de ruas da cidade. Aquisição para o município dos terrenos onde hoje se localiza o Bairro Novo. Início da construção do prédio onde hoje funciona a Prefeitura Municipal. Construção do muro do Cemitério Público da cidade. Aquisição para o município da Usina de Energia Elétrica de Rosal.

         Faleceu no dia 16 de julho de 1982.

        Eis o resumo de 80 anos de vida pública inteiramente dedicada a seus semelhantes.

       Que o exemplo de JOSÉ DE OLIVEIRA BORGES frutifique e que a herma inaugurada a 13/10/75 lembre que com homens das fibra e honradez de caráter de ZEZÉ BORES é que se constroem a grandeza de um município e de seu povo.



 Pedro Gonçalves Dutra foi licenciado em Estudos Sociais, professor de Organização Social de Política do Brasil, e ex-vereador pelo Movimento Democrático Brasileiro, entre 1967 e 1973.


 José de Oliveira Borges discursou em sua posse como o 1º. prefeito de Bom Jesus do Itabapoana após sua 2ª. emancipação, no dia 1º/01/1939, no Paço Municipal, onde hoje está situado o Big Hotel 


Colônia de Férias de Astronomia só para crianças


Uma iniciativa diferenciada e divertida vai acontecer em Cabo Frio: a 1ª Colônia de Férias de Astronomia para crianças entre 8 e 12 anos, de 17 a 22 de julho (segunda a sábado), das 14h às 18h.

As atividades serão desenvolvidas em torno do tema “Explorando e Descobrindo o Universo”, com exibição de vídeos e documentários, sob a orientação do astrônomo Marcelo Fernandes, coordenador da Rede Rio Astronomia e em constante atuação em Cabo Frio e região.

A Colônia de Férias será realizada no Espaço Cultural Cereall, à Rua José Bonifácio, 28, Centro, onde são feitas as matrículas e a entrega da listinha de material que as crianças devem levar, juntamente com o lanche. A dinâmica da observação astronômica será feita no MART – Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio, com sede no Convento Nossa Senhora dos Anjos, Centro, Largo de Santo Antônio.

Segundo Marcelo Fernandes, a ideia desta Colônia de Férias tão inovadora surgiu da constatação de que crianças e jovens não têm muitas oportunidades para se familiar com a Astronomia:- A nossa motivação, para realizar esta Colônia de Férias, justamente voltada para a garotada, veio da necessidade de proporcionar atividades culturais e de iniciação científica à Astronomia, mas como uma atividade recreativa. Através dos eventos que temos realizados ao longo dos anos, em especial depois da nossa parceria com o MART – Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio, fomos notando o interesse crescente pela Astronomia e seus encantos.

A cada evento, no MART, que conjuga palestra com observação astronômica com telescópio, aumenta o número de pessoas, de famílias que levam suas crianças. Todos, em especial a meninada, curtem muito descobrir fatos sobre o sol, a lua, as estrelas em geral, e suas respectivas influências em nossa vida, aqui na Terra. Como? A influência da Lua, por exemplo, nas atividades agrícola, tem orientado a humanidade desde tempos remotos, tanto para o plantio como para a colheita – destaca Marcelo.

Ele acrescenta que, com grande satisfação, aumentou a participação da meninada nas realizações da Rede Rio Astronomia, em Cabo Frio: - Eles gostam das “histórias” que contamos sobre os astros, sobre as descobertas dos astronautas, e sobre as invenções, a maioria pela NASA, que foram fundamentais para que eles pudessem efetuar voos interplanetários: alimentos, vestimentas, fraldas descartáveis, equipamentos básicos para uso diário, etc. Mas eles apreciam ainda mais contemplar os astros pelos aparelhos que disponibilizamos no jardim do Convento Nossa Senhora dos Anjos, sede do MART. Aliás, aproveito para reiterar os agradecimentos da Rede Rio Astronomia à direção do MART/IPHAM e equipe, nossos parceiros, que sempre acolhem com muito carinho os nossos eventos que já se tornaram mensais – conclui o astrônomo, que está à disposição para mais informações através da sua página no Facebook (Marcelo Fernandes).